FOTOS DE RAUL COELHO - VINHAIS

Vinhais é uma vila da Província de Trás-os-Montes, pertencente ao distrito e diocese de Bragança. É também sede de Concelho com uma área de cerca de 714 km2, que compreende um total de 35 Freguesias e 105 aldeias. Vinhais é uma povoação muito antiga, julga-se muito anterior à fundação da monarquia portuguesa.

05/12/2008


MOIMENTA DA RAIA -ALDEIA COMUNITÁRIA

FREGUESIA DE VILAR DE OSSOS



VILAR DE OSSOS - Freguesia constituída pelas aldeias de Vilar de Ossos, Lagarelhos e Zido, dista de 7 Km da vila de Vinhais. A sua superfície ocupa uma área de 16,35 quilómetros quadrados.Património Cultural: Igrejas paroquiais, capela de S. Tiago, do Divino Senhor do Campo e da Senhora das Neves, cruzeiro, nichos, fontes de mergulho, moinhos em ruinas, solar brasonado.Festas e Romarias: Divino Senhor do Campo ( 3º domingo de Agosto), S. Cipriano (16 de Setembro), S. Pedro (29 de Junho), N. Sra. das Neves ( 5 de Agosto), S. Tiago (25 de Julho).Gastronomia: Presunto, enchidos, cascas, leitão e cordeiro assados no forno, arroz doce, folar da Páscoa, pão-de-ló e pudim de ovos.Artesanato: Colchas em renda, trabalhos em lã, trabalhos em madeira.

HISTÓRIA DE VINHAIS


VINHAIS é uma vila da Província de Trás-os-Montes, pertencente ao distrito e diocese de Bragança. É também sede de Concelho com uma área de cerca de 714 km2, que compreende um total de 35 Freguesias e 105 aldeias. Vinhais é uma povoação muito antiga, julga-se muito anterior à fundação da monarquia portuguesa.
A primeira povoação de Vinhais parece ter sido construída na localidade dos Crespos que se situava á volta da igreja de São Facundo.
Primitivamente construi-se um Castro Luso-Romano que possuía uma fortaleza. Durante os séculos X e XI, Vinhais terá ficado arrasada com as destruições mouras. No entanto, terá sido de novo reedificada e repovoada na época dos Reis de Castela e Leão.
Vinhais teve forais de Afonso III a 20 de Maio de 1253 e de D. Manuel I a 4 de Maio de 1512.
Apesar de ser amuralhada restam apenas alguns vestígios das duas torres do seu castelo e das três portas de acesso uma a Norte, outra a Sul e outra a Nascente. Dentro do Castelo, encontra-se a igreja Matriz, que foi construída com as pedras da Torre de Menagem, esta apresenta um traçado simples e de uma só nave.
Vinhais foi então, desde o século XV até ao século XIX, dominado pelos Condes de Atouguia que eram os senhores donatários da praça de guerra desta vila. A partir do reinado de D. Maria (1834) e até à implantação da república em Portugal, nos primórdios do século XX, foram responsáveis pela administração da vila, diversos Condes, Viscondes e Barões.

LOCALIZAÇÃO GEOGRÁFICA DE VINHAIS


VINHAIS é uma vila situada no extremo Norte do País, tem as suas origens no período anterior à Idade Média, podendo encontrar-se alguns vestígios de povos que por aqui passaram. (Romanos)
A vila, hoje muito alongada, é envolvida pela serra da Coroa a Norte e pelo rio Tuela a Sul, que integram o Parque Natural de Montesinho, onde as condições do solo e do clima, associadas a uma ocupação humana proporcionam uma paisagem extremamente rica e variada.
Este Concelho possui uma população de 10000 habitantes, distribuídos pelas 35 Freguesias com 105 aldeias, a Vila de Vinhais actualmente possui uma população de 2000 habitantes.

CURSO INTERMÉDIO DE PHOTOSHOP - VINHAIS MARÇO DE 2009


CURSO INTERMÉDIO DE PHOTOSHOP - VINHAIS MAIO DE 2009 Sábado e Domingo - 14 horas Interface Photoshop CS4 - Bridge

04/12/2008


JARDIM MUNICIPAL - LARGO DO ARRABALDE - VINHAIS

JARDIM MUNICIPAL - LARGO DO ARRABALDE - VINHAIS

03/12/2008


SEIXAS - Casal de agricultores com mais de 80 anos

Feitura de Aguardente pelo amigo Dr. MOÁS no fim do promontório, antes da queda abrupta para o vale do Rio Trutas, lá está, abrigada, quase escondida, como que parada no tempo. Mesmo ao lado, o sítio da povoação primitiva. A Eira do Castro, rodeada de castanheiros que escondem adegas semi-enterradas no xisto. E, se já o tempo se habitua, oportunidade para ouvir histórias e lendas, para explorar grutas e abrigos nos fragueiros...
PAÇÓ - VINHAIS

Freguesia constituída pelos lugares de Paçó e de Quintela, e é designada de Paçó de Vinhais para se distinguir de outras povoações com os nomes de Paçô e Passô.Património Cultural: Igrejas Paroquiais, Capela de S.Lourenço, cruzeiro, fontes românicas, fraga da moura, castro, ponte romana em Quintela, troço de estrada romana, moinhos e Santuário de Nossa Senhora da Ponte. Festas e Romarias: S. Julião ( 7 de Janeiro ), Santa Bárbara (22 de Agosto) S. Lourenço (10 de Agosto) e Santa Marinha (18 de Agosto).Gastronomia: Fumeiro, presunto, cascas (prato típico composto por feijão seco com as cascas com pernil de porco), costela e pé salgado e fumado, caldo de nabos com perdiz ou presunto, posta mirandesa, milhos com lebre, pão de fatia e cusco, folar da Páscoa, pudim de ovos, doce de ginja e compotas. Artesanato: Calçado, tamancaria, alfaiataria, rendas, bordados e trabalhos em lã.

Igreja de São Pedro - em dia de nevada - MOIMENTA

Moimenta - Aldeia Comunitário - Casa Rústicas

Eiras Maiores, pertence à Freguesia de Penhas Juntas - Agricultura Tradicional com ajuda de junta de bois.

Pinheiro Velho - Agricultura de subsistência, Tradiocional sementeira

Moimenta - Rosto Transmontano - Prima Celeste